sábado, 10 de agosto de 2013

O bailarino piauiense Luan Batista, 17 anos,  que ficou em terceiro lugar no XII Concurso Internacional de Ballet em Moscou, na Rússia, um dos maiores festivais de dança do mundo, diz que a conquista é fruto de muito esforço e trabalho duro. Segundo Luan, os seus ensaios diários iniciados aos nove anos quando se mudou para a sede do Bolshoi em Joinville, Santa Catarina, foram intensificados ainda mais para o concurso.



“Nós, dançarinos, costumamos dizer que nos preparamos oito anos para dançar dois minutos no palco. Para esse, que foi o meu primeiro concurso oficial, me preparei ainda mais. Treinei sete horas diariamente, por seis meses e todo o esforço valeu apena. Mesmo que eu não tivesse chegado à final já estaria muito feliz, pois estava entre os 150 melhores bailarinos do mundo”

Luan Batista (Foto: Yara Pinho/ G1)


Luan é filho de uma vendedora autônoma e enteado de um funcionário dos Correios. Ele vivia até 2004 com sua família de cinco pessoas sustentados apenas com um salário mínimo, sem nenhum contato direto com o balé. A trajetória do adolescente só começou a mudar quando foi selecionado há nove anos entre os vários alunos da rede pública de ensino para uma vaga na Escola do Teatro Bolshoi do Brasil, única escola fora da Rússia com sede em Joinville, Santa Catarina. Ele e mais nove piauienses deixaram o estado para fazer o curso de formação e profissionalização em dança mantidos pelo Governo do Estado.
O próximo compromisso mundial do bailarino é a turnê ‘Virtuosos do Mundo’ que conta com vários dançarinos brasileiros e devem se apresentar em novembro e dezembro na Rússia, Ucrânia e Sibéria.



Luan Batista conquistou terceiro lugar no Concurso Internacional de Ballet em Moscou (Foto: Nilson Bastian)



Bio estreia novo concurso de dança


O canal Bio vai estrear o novo concurso de dança, "O Meu Sonho É Dançar", no dia 20 de agosto. O formato de sete episódios segue o dia-a-dia de ex-bailarinos do Royal Ballet britânico que se encontram nos EUA para recrutar 12 novos talentos.
O objetivo do concurso, que chega pelas mãos dos mesmos produtores de "Achas Que Sabes Dançar?" e "American Idol" é conseguir formar, em apenas 28 dias, uma companhia de dança contemporânea e organizar uma gala de beneficência em Nova Iorque. Quem não se mostrar à altura, vai para casa.



 "O Meu Sonho É Dançar" estreia-se dia 20 e chega pelas mãos dos produtores de 'Achas Que Sabes Dançar?' e 'American Idol'

Bailarino piauiense mundialmente famoso recebe Medalha em Teresina







Com apenas 17 anos, o jovem bailarino Luan Batista recebeu, nesta quinta-feira (8), das mãos do governador Wilson Martins, a maior homenagem oferecida pelo Governo do Estado do Piauí, a Medalha do Mérito Renascença. Egresso da rede pública estadual de ensino, Luan formou-se na Escola de Balé Bolshoi e ficou em terceiro lugar no XII Concurso Internacional de Ballet em Moscou, na Rússia.
Bailarino piauiense Luan Batista(Foto: Nilson Bastian)
O Mérito Renascença reconhece personalidades que efetivaram grandes feitos em benefício do Piauí. “O Luan é um jovem que enche de orgulho. É um piauiense que brilha no mundo graças à sua garra. O Governo do Estado tem orgulho de ter podido ajudar o Luan a brilhar mundo afora com seu talento através da concessão de uma bolsa”, ressaltou o governador, acrescentando que o Luan é exemplo em quem crianças e adolescentes piauienses devem se mirar.
“Tenho muito orgulho de ter saído daqui (de Teresina). Tenho muito a agradecer a todos que investiram em mim. Sinto-me muito honrado pela conquista da medalha em Moscou, no Teatro Bolshoi – estar lá era um sonho, e de receber a Medalha do Mérito Renascença", afirmou Luan Batista.
Bailarino piauiense Luan Batista(Foto: Nilson Bastian)
Aos nove anos, o bailarino participou de uma seleção entre vinte mil alunos de escolas públicas e garantiu uma vaga para estudo na Escola de Teatro Bolshoi no Brasil. Após se formar, no final de 2012, foi contratado pela Companhia Jovem Bolshoi Brasil. Em junho deste ano, conquistou o terceiro lugar no XII Concurso Internacional de Ballet em Moscou, a mais difícil competição de balé do mundo.

Grupo Plataforma compete em Festival Nacional de Dança

Grupo Plataforma compete em Festival Nacional de Dança

Ballet Bolshoi participa de evento em Navegantes neste sábado à noite

A Companhia de Ballet Berenice Vianna em parceria com a Fundação Cultural de Navegantes promove neste sábado o 1º Encontro de Dança de Navegantes, que acontecerá no Ginásio de Esportes da Faculdade Sinergia, com entrada franca. 


Pela premira vez em Navegantes, a Cia de Ballet Bolshoi do Brasil fará uma participação especialFoto: Tiago Lima / Divulgação.
A partir das 19h30min, com abertura da Companhia de Ballet Berenice Vianna, seguindo com a participação das escolas municipais, convidados e encerrando com a participação especial da renomada Cia de Ballet Bolshoi do Brasil, de Joinville — única Escola do Bolshoi fora da Rússia.As modalidades de dança que irão participar serão: Ballet Clássico, Ballet Clássico de Repertório, Dança Contemporânea, Jazz, Dança de Rua, Danças Populares e Dança de Salão.
Serviço

Quando:
 sábado, 19h30min
Onde: ginásio da Faculdade Sinergia (Rodovia Ivo Silveira, 199, São Pedro)
Quanto: gratuito
Informações: 3342-3586 / 9635-4252










segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Bailarinos de Londrina integram renomados grupos de dança no Brasil

A Escola Municipal de Dança reafirma-se como celeiro de talentos na arte do movimento. Os londrinenses que embarcaram este ano para o Festival de Dança de Joinville (SC) trouxeram na mala importantes conquistas: a participação no Ballet Bolshoi no Brasile na Companhia de Dança Sesiminas, de Belo Horizonte (MG).







Os gêmeos Higor Vargas e Hugo Vargas, alunos do 7º ano da Funcart e integrantes do Ballezinho de Londrina, participaram da acirrada audição da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e foram selecionados como bolsistas desta que é a mais tradicional instituição de ensino de dança no mundo. Já Priscila Santana, também aluna do 7º ano da Escola Municipal de Dança de Londrina foi classificada para integrar a Cia de Dança Sesiminas.







Os irmãos concorreram com 442 jovens do Brasil e do exterior. Destes, apenas 13 ganharam vaga. A seletiva aconteceu no dia 24 de julho, dentro da programação do Festival de Dança de Joinville. 


Higor e Hugo têm até o final do ano para se acostumarem com a ideia da nova vida em Joinville, já que as aulas começam em fevereiro de 2014. Com duração de oito anos, o curso no Bolshoi oferece ampla formação humanística ao bailarino - além das aulas de balé, a grade inclui disciplinas como história da arte, teatro e música. 






Todos os ingressantes são bolsistas integrais, recebem da instituição acompanhamento médico, uniformes e alimentação durante o período das atividades. Exige-se dos alunos dedicação e rígida disciplina. Parte dos professores que lecionam na sede brasileira vieram do Bolshoi de Moscou.

Os jovens londrinenses devem ingressar no 6º ano de formação. Hoje com 17 anos, os irmãos dançam desde os 12 na Escola Municipal. Por aqui, já dedicam a maior parte do tempo à arte. Higor explica que eles acordam às 6h, frequentam a escola regular no período da manhã, pegam ônibus do bairro Interlagos até a Funcart pouco depois do almoço e fazem aulas e ensaios das 14h às 20h todos os dias. "É bastante tempo de dedicação, mas eu adoro dançar, nunca pensamos em ser outra coisa", disse Hugo.


talento parece ser de família. O que levou os gêmeos a procurarem a dança foi o exemplo do irmão mais velho - o bailarino Anderson Braz, que já integrou o Ballezinho e o Ballet de Londrina e há quase uma década destaca-se no exterior. Atualmente, Anderson é bailarino da Maria Kong Dancers Company, de Israel. "Nosso irmão é um espelho e, por ele, minha mãe sempre nos influenciou bastante. Queremos viver da dança como ele", planeja Hugo.

Para arcar com as despesas dos irmãos ao longo do curso em Joinville, principalmente hospedagem, alimentação fora dos horários de aula e transporte, a Funcart iniciou uma campanha em busca de patrocinadores e doadores voluntários. Interessados podem entrar em contato coma instituição pelo telefone (43) 3342-2362.







A participação no Festival de Joinville 2013 também mudou a vida de Priscila Santana, aluna do 7º ano da Escola Municipal de Dança de Londrina. A bailarina matriculou-se no curso de balé clássico intermediário da professora Cristina Helena no evento catarinense. Ao perceber o ótimo desempenho de Priscila entre os 40 alunos da oficina, a ministrante convidou-a para fazer parte do elenco da Cia. de Dança Sesiminas (de BeloHorizonte), da qual é coreógrafa.

Matéria de O Diário.Com








Dança Campo Grande acontece de 22 a 25 de agosto




Já estão abertas as inscrições para décima sétima edição do Dança Campo Grande/ 2013. O edital com o detalhamento de inscrições, prazos, apresentações e critérios para a participação neste evento de dança foi publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), na última sexta-feira (19). Promovido pela Prefeitura de Campo Grande, com a coordenação da Fundação Municipal de Cultura, o festival de dança acontece no Teatro Glauce Rocha, entre os dias 22 a 25 de agosto. A entrada é franca com ingressos limitados.

O Dança Campo Grande é uma mostra não competitiva e divulgará coreografias inscritas em sete gêneros: ballet clássico de repertório, ballet clássico (livre e neoclássico), dança contemporânea, jazz, danças populares, dança de salão e dança de rua. As inscrições serão divididas conforme os gêneros e os interessados deverão encaminhar sua inscrição de até o dia 9 de agosto para a Fundac (Rua Brasil, 464 – Vila Marman).

O Balé da Cidade de Santos levou o 2º lugar na modalidade Ballet Clássico Conjunto – Sênior, com a nova coreografia ‘Monastério’.

Santos brilhou no 31º Festival de Dança de Joinville (Santa Catarina), considerado o principal do gênero no país, que terminou no último fim de semana.
A Escola de Bailado Municipal, coordenada por Renata Pacheco, conquistou os seguintes troféus: 1º lugar na categoria Balé Clássico (conjunto infantil, com a coreografia ‘A Escolinha’); 3º lugar em Ballet Clássico de Repertório (conjunto juvenil, com ‘Amigas de Coppélia’) e 3º lugar em Ballet Clássico Conjunto (conjunto juvenil, com ‘La Violetera’).
O Balé da Cidade de Santos levou o 2º lugar na modalidade Ballet Clássico Conjunto – Sênior, com a nova coreografia ‘Monastério’.
Já a Escola Livre de Dança da Secult, dirigida por Patrícia Ricci, ficou em 4º lugar, com três coreografias: ‘Guardiã’ (categoria Danças Populares Sênior); ‘Cavalo-Marinho’ (Clássico Júnior) e ‘Pinguins’ (Sapateado Americano Sênior).
O Festival de Dança de Joinville reuniu mais de quatro mil participantes do Brasil e do exterior. Santos participou com 80 bailarinos.

Matéria e imagem da prefeitura de Santos.


Fernando Alonso

Morreu, aos 98 anos, o pai do Ballet cubano, Fernando Alonso.

O ex-bailarino, professor e fundador da Escola Cubana de Ballet, Fernando Alonso, morreu no passado sábado 27 de Julho em Havana, aos 98 anos, informou a televisão estatal. A causa da sua morte não foi revelada. O funeral foi realizado até domingo no Teatro Nacional de Cuba. Em seguida, Alonso foi enterrado no cemitério Colón, em Havana.
A emissora disse que Alonso foi "mestre de gerações de dançarinos" na ilha e no mundo e criador do que se conhece como "método ou escola cubana de ballet para o ensino do ballet clássico".
Nascido em Havana em 27 de Dezembro de 1914, Alonso estreou-se em 1937 como bailarino na Companhia Mordking Ballet. Ao lado da sua mulher, a também bailarina Alicia Alonso, em 1948 fundou o Ballet Alicia Alonso, que depois se transformaria no Ballet Nacional de Cuba, companhia que dirigiu até 1975.
Alonso também foi fundador e director da Escola Nacional de Balett e do Ballet de Camaguey, grupo que liderou de 1975 até 1992, quando passou a dirigir a Companhia Nacional de Dança do México. A sua biografia profissional inclui classes e testes em países como Rússia, Estados Unidos, Bulgária, Argentina, Brasil, México, Uruguai, Venezuela, Colômbia, Peru e China.
No ano 2000, foi agraciado com o Prémio Nacional da Dança em Cuba e, entre outros reconhecimentos, recebeu em 2008, no Teatro Bolshoi, em Moscou, o prémio "Benois da danse", considerado o Óscar da dança.
- See more at: http://hardmusica.pt/noticia_detalhe.php?cd_noticia=16776#sthash.BgAp00UP.dpuf