Fernando Alonso

Morreu, aos 98 anos, o pai do Ballet cubano, Fernando Alonso.

O ex-bailarino, professor e fundador da Escola Cubana de Ballet, Fernando Alonso, morreu no passado sábado 27 de Julho em Havana, aos 98 anos, informou a televisão estatal. A causa da sua morte não foi revelada. O funeral foi realizado até domingo no Teatro Nacional de Cuba. Em seguida, Alonso foi enterrado no cemitério Colón, em Havana.
A emissora disse que Alonso foi "mestre de gerações de dançarinos" na ilha e no mundo e criador do que se conhece como "método ou escola cubana de ballet para o ensino do ballet clássico".
Nascido em Havana em 27 de Dezembro de 1914, Alonso estreou-se em 1937 como bailarino na Companhia Mordking Ballet. Ao lado da sua mulher, a também bailarina Alicia Alonso, em 1948 fundou o Ballet Alicia Alonso, que depois se transformaria no Ballet Nacional de Cuba, companhia que dirigiu até 1975.
Alonso também foi fundador e director da Escola Nacional de Balett e do Ballet de Camaguey, grupo que liderou de 1975 até 1992, quando passou a dirigir a Companhia Nacional de Dança do México. A sua biografia profissional inclui classes e testes em países como Rússia, Estados Unidos, Bulgária, Argentina, Brasil, México, Uruguai, Venezuela, Colômbia, Peru e China.
No ano 2000, foi agraciado com o Prémio Nacional da Dança em Cuba e, entre outros reconhecimentos, recebeu em 2008, no Teatro Bolshoi, em Moscou, o prémio "Benois da danse", considerado o Óscar da dança.
- See more at: http://hardmusica.pt/noticia_detalhe.php?cd_noticia=16776#sthash.BgAp00UP.dpuf

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Diana Faria, Filipa Tenreiro e João Pedro Freitas