Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

UNIDANÇA

Imagem

3ª MOSTRA LUGAR NÔMADE DANÇA

Imagem
Organizada pela Companhia Corpos Nômades e subsidiada pelo 6º Programa


Municipal de Fomento à Dança de São Paulo, será realizada a 3ª Mostra Lugar

Nômade Dança no período de 19 a 28 de março de 2010, que inclui em sua

programação companhias e artistas de São Paulo e de outras cidades do

Brasil, como Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador e Campinas. O foco da mostra

é a investigação cênica em suas várias manifestações: dança contemporânea,

teatro e improvisação.





                                                      (Foto Alessandra Novhais)


Além dos espetáculos, haverá a sessão MEIA-NOITE OLHO NELES nos sábados 20 e

27 de março, às 24h00. A programação é voltada aos grupos, coletivos e

artistas que tem como integrantes novos intérpretes-criadores conectados, de

alguma maneira, com universidades ou projetos que envolvam a dança

contemporânea e que acabam de iniciar seus caminhos investigativos cênicos.



Duas convidadas e uma artista/performer compõem a programação do

TEA-TIME/HORA DO CHÁ, se…

3ª MOSTRA LUGAR NÔMADE DANÇA

Companhia Experimental Waldete Brito, do Pará.

Imagem
Companhia Experimental Waldete Brito, do Pará, estreia duas coreografias no


TEATRO DE DANÇA



                              (Foto Gisele Moreira)



Comemorando 10 anos de existência, companhia se apresenta pela primeira vez

em São Paulo após ganhar o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna/2009







O Seguinte É Isso foto Alessandra Ewerton media.jpg



Cena de O Seguinte é isso... do Estado do Pará







De 25 a 28 de março o TD - TEATRO DE DANÇA (instituição vinculada à

Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação

Paulista de Amigos da Arte - APAA) apresenta ao público de São Paulo

oportunidade única de prestigiar a Companhia Experimental de Dança Waldete

Brito pela primeira vez na cidade. Representantes da dança do Estado do

Pará, o grupo comemora 10 anos de existência estreando duas coreografias: O

Seguinte é isso... e (Des)vestido. O espetáculo tem o apoio do Prêmio

Funarte de Dança Klauss Vianna/2009, que abriu novos horizontes e caminhos

para que a companhia se apresentas…

TEATRO DE DANÇA inaugura o Corredor de Dança

Imagem
TEATRO DE DANÇA inaugura o Corredor de Dança




















Foto de "Dúplice"







Em março de 2010, o TD - TEATRO DE DANÇA (instituição vinculada à Secretaria

Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de

Amigos da Arte - APAA) privilegia em sua programação o intercâmbio de

companhias e espetáculos. Para tanto, inaugura um novo projeto: o Corredor

de Dança.







O Corredor de Dança é uma rede de curadores, surgida a partir I Plataforma

Estado da Dança, evento realizado em agosto de 2009 no TD, e que reúne e faz

circular em diversas cidades do país espetáculos dos festivais Dança de

Londrina/PR, Paralelo 16 Mostra Internacional de Dança/GO, Diagnóstico da

Dança/GO, Festival de Artes Cênicas de Goiânia/GO, Projeto Cena

Movimento/PE/PI/CE/PB, Fórum de Dança de São José do Rio Preto/SP, entre

outros.







A intenção é promover e incentivar a interação de várias produções dos

diversos Estados do Brasil. Nessa primeira programação do Corredor em São

Paulo, a dupla de Goiânia Rodrig…

CISNES”

Imagem
TEATRO DE DANÇA apresenta “CISNES”




com dois convidados internacionais:



Luis Arrieta e Olaf Schmidt















Dia 19 de março de 2010 estreia no TEATRO DE DANÇA – TD (Instituição

vinculada à Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela

Associação Paulista de Amigos da Arte - APAA) o espetáculo CISNES, programa

inédito concebido por Anselmo Zolla. Diretor artístico ao lado de Vera Lafer

na Studio3 Cia. de Dança e na Cia. Sociedade Masculina, o coreógrafo faz,

neste espetáculo, uma parceria com Luis Arrieta, argentino, consagrado

coreógrafo, intérprete e diretor artístico, que interpreta duas das sete

coreografias.







CISNES é composto pelas coreografias “A Morte do Cisne”, “Cisnes”, “Voo

Branco”, “Negro”, “O Cisne de Tounela” e “O Canto do Cisne Negro”, esta

última em duas versões distintas: uma com o bailarino Luis Arrieta, com

música de Villa Lobos, e outra com Olaf Schmidt, da Alemanha, com composição

de Franz Schubert.







O espetáculo coloca em relevo o imaginário de criaturas a…