Postagens

Dança Em São Paulo.

Imagem
http://www.sampaonline.com.br/cultura/danca_em_sp.php




Um poema para Carmen Livre. Sinopse: Solo do bailarino e coreógrafo Marcos Sobrinho sobre o universo da Carmen Miranda (1909-1955). Pautada por experimentações no campo da dança, das artes visuais e da música, a performance aciona reflexões sobre os estereótipos e arquétipos que envolvem o imaginário popular a respeito da "pequena notável" Carmen Miranda, artista ícone da cultura brasileira, que conquistou sucesso internacional e estabeleceu, nas representações contidas em sua imagem, músicas e performance, relações com a identidade nacional. Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Centro) Elenco/Direção: Concepção, Dramaturgia e Performance: Marcos Sobrinho. Músicos: Luiz Cláudio Sousa, Edson Silva e Franck Oberson. Intervenções Dramatúrgicas: Talita Alcalá Vinagre. Data: Estreia dia 17 de Junho (sexta); até 18 de Junho; Sexta e sábado, às 20h30 Preço: Grátis
Retirar ingresso com 1 hora de antecedência

Acesse o site e fiqu…

São Paulo - Cia. de Dança.

Imagem
São Paulo Companhia de Dança



Foto 1: Amanda Rosa e Nielson Souza em Indigo Rose, de Jirí Kylián | Crédito: Wilian Aguiar
Foto 2: Morgana Cappellari e Lucas Valente em Indigo Rose, de Jirí Kylián | Crédito: Wilian Aguiar









Foto 1: Amanda Rosa e Nielson Souza em Indigo Rose, de Jirí Kylián | Crédito: Wilian Aguiar
Foto 2: Morgana Cappellari e Lucas Valente em Indigo Rose, de Jirí Kylián | Crédito: Wilian Aguiar



Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Imagem
O jovem bailarino Frederico Loureiro, de uma escola do Porto, arrecadou na quinta-feira à noite o 3.º lugar na categoria júnior no Concurso Internacional de Ballet de Helsínquia (Hensinki IBC).

De acordo com os resultados da competição, divulgados na internet, entre 35 candidatos apurados para competirem na categoria júnior (dos 15 aos 19 anos), Frederico Loureiro, de 16 anos, recebeu, além da medalha de bronze, um prémio monetário de 1.500 euros.
Aluno na Escola Domus Dança (EDD), no Porto, Frederico Loureiro competiu neste concurso dominado maioritariamente por chineses ao lado de bailarinos de escolas e companhias como a Ópera de Paris, Bolshoi Ballet, San Francisco Ballet School, John Cranko Schülle, Finnish National Ballet, Korean National Ballet, China National Ballet, entre outras. Segundo Alexandre Oliveira, professor da EDD, o Helsinki IBC acontece a cada quatro anos e é uma das competições mais prestigiadas internacionalmente. "Recebe candidatos de todo o mundo", d…

BALLET RÚSSIA - Professores, estudantes e crianças até 12 anos pagam meia

Imagem
Professores e estudantes pagam meia-entrada  no Ballet Nacional da Rússia, que se apresenta  dias 27 e 28 de maio no Teatro Estadual Palácio das Artes, em Porto Velho. Crianças de até 12 anos também pagam a metade, mesmo que não tenham carteira de estudante. A produção decidiu abrir essa exceção devido às inúmeras solicitações por parte dos pais. Menor até cinco anos não pagam, desde que fiquem no colo dos pais. Apenas 40% dos ingressos são destinados à meia-entrada. Os ingressos podem ser adquiridos nas lojas Junior Sun, Palladyo, Eletrônica Criativa (na D. Pedro II) e na Opus Ballet (na Avenida Calama) por meio de cartão de crédito. Telefones para contato: 9276-3090, 9600-9916, 9984-4876, 3026-2113. O espetáculo é composto por dois atos – cada um com 40 minutos de duração, com intervalo de 15 minutos. A turnê deste ano é intitulada de "A Excelência do Ballet Russo". O espetáculo reúne os melhores momentos de O Lago dos Cisnes, Romeu e Julieta, A Bela Adormecida, O Quebra Noz…

António Casalinho, 12 anos, venceu o Young Grand Prix, com o solo O Corsário. Estuda ballet com a professora cubana Anarella

Imagem

BAILARINOS PORTUGUESES ESTÃO ENTRE OS MELHORES DO MUNDO

Imagem
Foi na 12.ª edição do Youth America Grand Prix (YAGP), concurso que decorreu na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, que três jovens atletas portugueses conseguiram ficar entre os melhores do mundo. Diogo de Oliveira, de 16 anos, Frederico Loureiro, de 14 e António Casalinho, de 11, demonstraram o seu talento ao longo de uma semana num dos concursos mais prestigiados de ballet no mundo. Trouxeram vários prémios internacionais e ainda convites e bolsas de ensino e formação de algumas das melhores academias de dança da Europa. Numa entrevista à Lusa, Diogo de Oliveira, de 16 anos, confessou que foi um salto muito grande na sua carreira, uma vez que a sua participação no concurso americano permitiu-lhe mostrar o seu talento ao mundo e chegou mesmo a ser convidado para finalizar os seus estudos na prestigiada escola da Ópera de Paris pela própria diretora. O português sabe que não é comum a Ópera de Paris atribuir bolsas para finalizar os estudos, pois é uma escola onde é extremame…