Dançar faz bem para o corpo e para a mente. E, de quebra, ainda é uma prática que pode colaborar muito para perder alguns quilinhos e manter a boa forma. Além disso, dançar constitui uma alternativa perfeita para quem deseja cuidar do corpo, mas não consegue se adaptar ao ambiente ou rotina das academias de musculação.

A atividade movimenta o corpo todo, fortifica a musculatura e aumenta a autoestima. O bom humor impera durante as aulas, que facilitam e propiciam o contato entre os “dançarinos”. Sem contar que, em geral, as pessoas se sentem muito mais estimuladas para frequentar as aulas de dança do que para ir a um treino de musculação. Então, já que a dança só traz vantagens, por que não começar a praticar?

Aproveitamos o Dia Internacional da Dança e selecionamos três ritmos diferentes e muito animados para você conhecer e, quem sabe, começar a ensaiar os primeiros passos. Para nos ajudar nessa descoberta, o TodaEla conversou com alguns professores de dança especialistas em cada um dos ritmos. Não deixe de celebrar essa data









O Dia Internacional da Dança é comemorado no dia 29 de abril e foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO em 1982. Mesmo sendo uma data celebrada há anos, ainda é desconhecida para grande parte do público em geral.

No Brasil, esse dia especial tem ganhado mais espaço nos últimos anos. Artistas e profissionais da dança comemoram a data para divulgar o movimento, criando uma mobilização que visa ressaltar a importância dessa expressão nos meios culturais e buscar um maior incentivo de políticas públicas.

O dia foi escolhido em homenagem a data de nascimento do dançarino francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), famoso por quebrar os padrões instaurados no estilo de dança do seu tempo. Com suas ideias vanguardistas, Noverre atribuiu expressividade, sutileza e novos movimentos à execução dos passos.




O Dia Internacional da Dança é comemorado no dia 29 de abril e foi instituído pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO em 1982. Mesmo sendo uma data celebrada há anos, ainda é desconhecida para grande parte do público em geral.

No Brasil, esse dia especial tem ganhado mais espaço nos últimos anos. Artistas e profissionais da dança comemoram a data para divulgar o movimento, criando uma mobilização que visa ressaltar a importância dessa expressão nos meios culturais e buscar um maior incentivo de políticas públicas.

O dia foi escolhido em homenagem a data de nascimento do dançarino francês Jean-Georges Noverre (1727-1810), famoso por quebrar os padrões instaurados no estilo de dança do seu tempo. Com suas ideias vanguardistas, Noverre atribuiu expressividade, sutileza e novos movimentos à execução dos passos.

Matéria e fotos de "Tribelas"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Curiosidades Históricas

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia