TEATRO DE DANÇA inaugura o Corredor de Dança

TEATRO DE DANÇA inaugura o Corredor de Dança




















Foto de "Dúplice"







Em março de 2010, o TD - TEATRO DE DANÇA (instituição vinculada à Secretaria

Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de

Amigos da Arte - APAA) privilegia em sua programação o intercâmbio de

companhias e espetáculos. Para tanto, inaugura um novo projeto: o Corredor

de Dança.







O Corredor de Dança é uma rede de curadores, surgida a partir I Plataforma

Estado da Dança, evento realizado em agosto de 2009 no TD, e que reúne e faz

circular em diversas cidades do país espetáculos dos festivais Dança de

Londrina/PR, Paralelo 16 Mostra Internacional de Dança/GO, Diagnóstico da

Dança/GO, Festival de Artes Cênicas de Goiânia/GO, Projeto Cena

Movimento/PE/PI/CE/PB, Fórum de Dança de São José do Rio Preto/SP, entre

outros.







A intenção é promover e incentivar a interação de várias produções dos

diversos Estados do Brasil. Nessa primeira programação do Corredor em São

Paulo, a dupla de Goiânia Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz estreia Dúplice (12 a

14 de março) e divide a noite com a coreógrafa paulistana Cláudia Palma e

seu espetáculo Um Outro Corpo.







Dúplice estreou em outubro de 2008 no Festival Internacional de Artes

Cênicas “Goiânia em Cena”, em Goiás e recebeu o prêmio de Melhor Espetáculo.

De lá para cá amealhou o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna (2008), e

esteve em diversas mostras e festivais importantes pelo Brasil: Mostra

Internacional de Dança “Paralelo 16”, em Goiânia/GO, Festival de Dança

“Litoral Oeste” em Trairí, Itapipoca e Paracuru/CE, no Festival de Dança do

Triângulo em Uberlândia/MG e temporada no Sesc Ribeirão Preto, em SP.

Participou em inúmeros festivais internacionais como o de Salvador/BA

“Outras Danças” (Nov 2009), no “Porto Alegre em Cena”, no Rio Grande do Sul

(set 2009), no “Panorama da Dança” (Nov 2009), no Rio de Janeiro e na Bienal

Internacional de Dança do SESC Santos, em SP (Nov 2009). No exterior,

Dúplice participou do Festival de Artes Escénicas e Contemporáneas “El

Cruce”, em Rosário, na Argentina e no Festival Internacional Contemporâneo

Andanza, em Sucre, na Bolívia.







Dúplice surgiu a partir de um processo criativo dentro do qual os dois

intérpretes-criadores estiveram submersos em experiências corporais, sonoras

e cênicas que envolveram linguagens da dança contemporânea, do

teatro-físico, clown e pantomima, bem como da percussão vocal.

Paralelamente, diálogos e reflexões acerca da condição e atitudes humanas

perante a sociedade, afunilando para o comportamento do artista cênico, o

artista de palco. Assim, pequenas questões-temas foram aparecendo - disputa,

convenção, fragilidade, duplicidade de caráter, comportamentos políticos, a

lida do artista – e incorporando-se às sessões de improviso.







Já Um outro corpo, com concepção geral de Mariana Muniz e interpretação de

Cláudia Palma, faz referências à força dos cataclismos a que estamos

sujeitos ao interagir com uma sociedade inquieta, violenta e depressiva. O

espetáculo explora questões relacionadas com amor e morte por meio de

imagens corporais carregadas de memória e repleta de momentos de som e de

silêncio. Nesta coreografia as duas artistas criaram imagens corporais,

impregnadas de memórias pessoais.







Cláudia Palma é bailarina, coreógrafa e professora. Dançou com o Grupo Casa

Forte, Cisne Negro Cia. de Dança, República da Dança, Balé da Cidade de São

Paulo Cia. 1 e Cia. 2. Como coreógrafa, realizou vários trabalhos, alguns

integrantes do repertório do Balé da Cidade de São Paulo. Desenvolve

trabalhos sociais e workshops de dança contemporânea e improvisação















12 a 14 de março de 2010



Sexta às 21h, sábado às 20h, domingo às 18h



70 minutos de duração, classificação 12 anos







Corredor de Dança







Um Outro Corpo



De Claudia Palma / SP







Ficha Técnica



Direção e Concepção: Mariana Muniz Intérprete Criadora: Claudia Palma Design

de Luz: André Boll



Trilha Sonora: Mariana Muniz e Claudia Palma Figurino: Claudia Palma

Produção Executiva: Andrea Thomioka



Projeto desenvolvido no “Solo em Questão” da Cia 2 do Balé da Cidade de São

Paulo







+







Dúplice



De Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz / GO







Ficha Técnica



Autores-intérpretes: Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz Música: “Jelem” – Loyko

Iluminotécnica: Rodrigo Assis e Allan Lourenço Produção: Marci Dornelas e

Sacha Witkowski Fotos: Layza Vasconcelos e Bélen Escobar Arte visual: Erica

Bearlz Colaboradores: Erica Bearlz, Ernesto Gadelha, Souhail Assal, Valéria

Braga Apoio: Vivace Escola de Teatro e Dança











TD - Teatro de Dança - Secretaria de Estado da Cultura



APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte



Avenida Ipiranga, 344 - Subsolo, Edifício Itália - São Paulo, SP, Brasil -

Metrô República - Email:

info.teatrodedanca@apaa.org.br Telefone da bilheteria: 2189 2555 ///

Informações: 2189 2557 Capacidade: 278 lugares/Ar-condicionado

///Acessibilidade para pessoas com necessidades especiais /// Ingresso: R$

4,00 e R$ 2,00 (meia) /// Estacionamento: R$ 15,00 com manobrista ///

Bilheteria, abertura: Vendas para o dia do espetáculo - 4ª a domingo, a

partir das 14h///

www.teatrodedanca.org.br







O Teatro de Dança tem apoio da Folha de São Paulo, Alcaçuz, Leonor Flores,

Circolo Italiano, Luna Di Capri e Planeta´s. No programa "Prêmio Teatro de

Dança", conta com o apoio do SESC São Paulo







Informações para imprensa: Canal Aberto Assessoria de Imprensa



Márcia Marques - (11) 3798 9510 / 2914 0770/ 9126 0425



www.canalaberto.com.br

Comentários

*May Lopes disse…
Lindo post!

Tbm tenho um blog sobre dança me visita?

http://maylopez.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Diana Faria, Filipa Tenreiro e João Pedro Freitas