sábado, 24 de outubro de 2009

Pontinhos de dança!


(imagem Clara Andermatt -Canto do Cisne)






(imagem C.Koen Broos)

"Não conquistes o Mundo e percas a alma. A sabedoria é mais valiosa que o ouro e a prata"

grafitti no metro de NYC



“A dança é a mãe de todas as Artes”

Curt Sachs (1901-1959)




"O ritmo, a respiração, os sentidos, a imaginação, o corpo, as emoções, as sensações, a criatividade, nós, os outros...
Deixar sentir para fazer dançar"

Amálgama



“Sentindo frio na minha alma convidei-te para dançar”

autor anónimo


"Técnica é naquilo em que se cai quando se esgota a inspiração”

Rudolfo Nureyev (1938-1993)



(imagem Al S.Carlos)



“Depois das actividades que asseguraram aos primeiros povos as necessidades materiais básicas – alimentação e abrigo – a dança veio logo a seguir. É o primeiro escape para a emoção e o início das artes…”

Sheldon Cheney (1886-1980)


“Inspiração é para os jovens.
A necessidade, mais do que a inspiração, é a fonte de toda a coreografia”

George Balanchine (1904- 1983)


"(…) nas nossas vidas todos temos sempre ideias para o futuro, contudo, verificamos que, depois, as coisas acabam por não acontecer como planeámos.
É exactamente o que se passa na dança, quando se trata de improvisar. Podemos ter muitas ideias préconcebidas mas o resultado do acto de improvisar é diferente de espectáculo para espectáculo, dependendo do clima interior e das condições exteriores do momento"

Michael Schumacker (1967)


“(...) Nem só virtuosismo escolástico pois sem coração não há arte, nem só inspiração plástica, pois sem técnica não há estilo: fusão estética do corpo e da alma (...)”

Margarida de Abreu (1915-2006)



“O classicismo é intemporal porque é impessoal”

George Balanchine (1904- 1983)



“Cada dia que se passou sem dança foi um dia desperdiçado”

Friedrich Nietzche (1844-1900)


“As crianças cantam antes de falar e dançam antes de caminhar.
A música povoa, desde logo, os nossos corações”


Pamela Brown (1928)


(imagem Nuno Silva)



"Os bailarinos são um misto de soldado, gladiador e matador.
Eles possuem a disciplinada coragem dos primeiros, a audácia bruta dos segundos e a 'finesse' dos últimos"

José Limón (1908-1972)


“A dança é um arco entre duas mortes”

Doris Humphrey (1895-1958)


“Relações familiares são impossíveis de dançar.
Também não se dança a psicologia. Dançam-se corpos. A dança não é coisa de palavras mas sim de imagens. Também as flores não necessitam de palavras porque são bonitas sem elas. Nós existimos e esperamos ser belos sem palavras”

George Balanchine (1904- 1983)


“Podemos julgar um rei pelo estado da dança no seu reino”

provérbio chinês






“A dança representa a vida porque a vida é um ritmo, o do coração. A dança é inseparável do ritmo. Ela interpreta a nossa existência na medida em que representa todos os ritmos e todas as pulsações humanas”

Maurice Béjart (1927-2007)



“O meu bailarino preferido é o norte-americano Fred Astaire. Ele é o mais interessante, o mais inventivo e o mais elegante bailarino do seu tempo”

George Balanchine (1904- 1983)


“O bailarino é um orador que fala uma linguagem muda”

Igor Stravinsky (1882-1971)



“A essência de qualquer arte é ter prazer em dar prazer”

Mikhail Baryshnikov (1948)




“A dança é o eterno renascimento do Sol”

Isadora Duncan (1878-1927)




(imagem Danças Plásticas)



“O bailado clássico é uma coisa puramente feminina: a mulher é um jardim com as mais belas flores e o homem o seu jardineiro”

George Balanchine (1904- 1983)




“A dança é um gráfico do coração”

Martha Graham (1901-1985)


“Quem conhece a Dança, vive em Deus”


Ronni

“Dança com a cabeça”

Anna Pavlova (1881-1931)


“Coloque-se um homem e uma mulher em cena e temos uma história; um homem e duas mulheres e temos um enredo”


George Balanchine (1904- 1983)






“A mais pura expressão de um povo reside nas suas danças e na sua música. Os corpos nunca mentem”

Agnes de Mille (1905-1993)



“Todo o ser humano transporta em si um bailarino”

Rudolfo van Laban (1879-1958)


“A dança, sob todas as formas, não pode ser excluída de uma educação nobre.
É preciso saber dançar com os pés, com as ideias e com as palavras e é necessário também saber fixá-la com a caneta”

Friedrich Nietzche (1844-1900)


“A dança é a uma canção do corpo, quer seja de alegria ou de dor”

Martha Graham (1901-1985)




“A ordinarice bem calculada (no teatro) é um ingrediente muito útil”

George Balanchine (1904- 1983)




“A dança é uma coisa de músculos e tempo”




"Ninguém aprendeu a dançar por osmose, encostando-se a um bailarino, ou por infiltração, sentando-se em cima de um livro de dança”


"O tempo alimenta a experiência e modela as mentes. A integridade funciona como o fiel da balança"



(imagem A Casa de Bernarda Alves)


"Sem investimento físico e intelectual, sério e consistente, não há bailarinos nem coreógrafos dignos desse nome”



“O conceito de ‘geração espontânea’ não se aplica à dança, pois estamos em presença de uma arte que vive do corpo, um instrumento que não se compra na loja já afinado e pronto para tocar”


MC (1955)


“Dançar é tomar parte do controle cósmico do Mundo”

Havelock Ellis (1859-1939)





"O 'plié' matinal para um bailarino é como o sinal da cruz para um católico"

Rudolfo Nureyev (1938-1993)



Dança: a expressão vertical de um desejo horizontal"
anónimo





Quando um bailarino desaparece na Terra, o Ceu ganha mais uma estrela cintilante !







(imagem Mariinsky Visheneva- Aurora)

Um comentário:

Everton Câmara disse...

ADOREIIIIIIIIIII
parabénsssssssss