Continuação

D-F

Dedans, en [ahn duh-DAHN]: Para dentro. Em passos e exercícios o termo en dedans indica que a perna, à terre ou en l'air, se mexe em movimento circular em sentido anti-horário de trás pra frente. Por exemplo, em rond de jambe à terre en dedas. Em pirouettes o termo indica que a pirouette é feito para dentro em relação à perna de base.
Développé [tahn dayv-law-PAY]: Veja grand battement developpe.
Dehors, en [ahn duh-AWR]: Para fora. Em passos e exercícios o termo en dehors indica que a perna, à terre ou en l'air, move em uma direção circular, em sentido horário de frente pra trás. Por exemplo, em rond de jambe à terre en dehors. Em pirouettes o termo indica que uma pirouette é executada com a perna bem aberta, para fora.
Demi-plié [duh-MEE-plee-AY]: Meia dobrada nos joelhos. Todos os passos com elevação começam e terminam com um demi-plié.
Derrière [deh-RYEHR]: Para trás. Este termo se refere a um movimento ou passo. Em referência a um determinado passo, quando se utilizada o derrière se indica que o pé que trabalha fecha atrás.
Dessous [duh-SOO]: Para trás. Indica que o pé que trabalha passa atrás do pé de base. Por exemplo, em pas de bourrée dessus.
Dessus [duh-SEW]: Para frente. Indica que o pé que trabalha passa à frente do pé de base. Por exemplo, em pas de bourrée dessus.
Divertissement [dee-vehr-tees-MAHNLAY]: 1. Uma seção de danças no balé que não tem nehuma conexão com o enredo, por exemplo, a dança das fadas, em "A Bela Adormecida", 3º Ato, ou "Camponês", pas de deux em "Giselle" 1º Ato. 2. Uma curta dança ou trecho de um longo balé como uma parte separada em determinado programa.
Échappé [ay-sha-PAY]: Um échappé é um passo de salto, onde os dois pés pulam fechados em quinta e trocam de lugar no ar, acabando em demi-plié no chão. Dependendo do caso, échappés são feitos da segunda para a quarta posição, os dois pés em distâncias iguais do centro original de gravidade.
Effacé, effacée [eh-fa-SAY]: Uma posição do corpo onde o dançarino se vira para o lado do público.
Elevação A habilidade de se sustentar no ar por um tempo.
Enchainement: Uma combinação de passos dentro de uma expressão de dança.
Entrechat [ahn-truh-SHAH]: Um pulo vertical na quinta posição, com a troca dos pés no ar, duas (entrechat quatre), três vezes (entrechat six), quatro vezes (entrechat huit),e , exepcionalmente, 5 vezes (entrechat dix). O termo entrechat deux não é usado: quando os pés batem uma vez e mudam isto é chamado mudança battu ou royale. Em todos esses o dançarino retorna à quinta posição. No entrechat trois, cinq e sept o dançarino cai no chão em um pé, com o outro tocando a perna de base após um, dois ou três batidas.
Épaulement [ay-pohl-MAHN]: Uma ligeiro movimento dos ombros, em croise ou efface, em relação à cabeça e às pernas, utilizadas principalmente no balé clássico, particulamente nas escolas Italianas, Russas e Britânicas. Na velha França e nas escolas Dinamarquesas é raramente usado.
Fouette [fweh-Tay]: Um passo giratório, geralmente feito em série, onde a perna que está trabalhando é jogada para o lado em rond de jambe (vide) e enquanto o dançarino gira sobre a perna de base, mantendo a perna elevada. Os 32 fouettes executado por Odile em "O Lago dos Cisnes", 3º Ato são a mostra o toque da virtuosidade feminina.
Fondu, fondue [fawn-DEW]: Descida. Um termo utilizado para descrever a baixa do nível do corpo através da dobradura dos joelhos da perna de base. Saint-Léon escreveu "Fondu é em uma perna enquanto plié é em duas". Em alguns isntantes o termo fondu também é utilizado para descrever a finalização de um passo quando a perna que está trabalhando vai ao chão em um movimento suave.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Diana Faria, Filipa Tenreiro e João Pedro Freitas