VIRADA CULTURAL - Domingo



Foto da Cantora Césaria Evora de Cabo Verde


Virada Cultural atrai 4 milhões de pessoas e bate recorde
A quarta edição da Virada Cultural, que acontece até as 18h deste domingo, em São Paulo, já atraiu 4 milhões de pessoas, recorde de público segundo a organização do evento.


Cesária Évora abre Virada Cultural com ritmo de Cabo Verde
A cantora Cesária Évora abriu a Virada Cultural, que reúne 700 atrações em São Paulo das 18h deste sábado às 18h do domingo, no Palco São João. Ela veio de Cabo Verde para mostrar seu ritmo aclamado em diferentes países do globo.


"A Virada se transformou em um grande evento da cultura brasileira. Milhares de brasileiros de várias regiões do País acompanham a nossa Virada fazendo com que São Paulo tenha no turismo um dos principais setores para o seu desenvolvimento", disse o prefeito Gilberto Kassab.

José Mauro Gnaspini, coordenador de programação da Virada, comemorou o sucesso das novidades desta edição: "Está sensacional, mesmo nos locais onde não funcionavam palcos ou atrações programadas havia pessoas caminhando, sentadas em bares ou restaurantes. As pessoas redescobriram o Centro, que virou um grande boulevard".

Os palcos da Avenida São João, o Boteco de Bambas, no Largo Santa Ifigênia e o Rock República foram os mais animados.

Este ano, a virada conta com 26 palcos, contra 13 da edição anterior. O número de atrações também aumentou, de 350 no ano anterior para 800 nesta edição.

Na abertura, às 18h de sábado, no palco São João, a cantora cabo-verdiana Cesária Évora cantou seus sucessos. Na madrugada, o show mais animado foi o de Zé Ramalho.

No Baile do Arouche, pessoas de todas as idades acompanharam os shows de Maria Alcina, que interpretou seu disco de 1974. Também passou por lá o cantor de boleros Roberto Luna.

Muito aplaudida pelo público do palco São João, Gal Costa homenageou a cidade com os sucessos Trem das Onze, de Adoniran Barbosa, e Sampa, de Caetano Veloso.

Domingo
Nesta manhã de domingo, mais de 500 pessoas aguardaram o show Vibrações de Jacob do Bandolim, de Hamilton de Holanda e Danilo Brito, uma hora antes do início.

A apresentação da trupe Teatro Mágico, que mistura música, poesia, teatro e circo, empolgou o público que compareceu ao palco São João, instalado no cruzamento da avenida São João com a rua Aurora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

História da dança cênica.....