TAMARA KARSAVINA

Tamara Karsavina

Nascida em São Petersburgo em 1885, foi formada pela Escola Imperial e entrou no Teatro Marinsky já como solista, em 1902. Em 1909 passou à primeira bailarina.
Sofreu grande influência artística de Fokine que, naquela época, encontrou em Karsavina sua inspiração. Participou, com Nijinsky, como primeira figura do Ballet Russo de Diaghilev, até o final da companhia.
Foi aí que Fokine criou, com ela, os imortais ballets La Sylphide, Carnaval, Petrouchka, O Espectro da Rosa, entre muitos outros.
De grande inteligência, finura e expressividade, foi durante toda a vida uma maravilhosa bailarina apreciada no mundo inteiro. Karsavina é hoje, talvez, junto com Fonteyn, a bailarina mais querida, amada e respeitada, tanto pelo público quanto pelos seus colegas.
Mais tarde, morando na Inglaterra e casada com um diplomata inglês, Karsavina foi vice-presidente da Royal Academy of Dancing, onde deu muito de seus ensinamentos e ajudou a criar uma escola de estilo inglês baseado no russo. Ensaiou e ajudou Margot Fonteyn em vários trabalhos, especialmente no Pássaro de Fogo e em Giselle, além de ensinar e ajudar Ashton no primeiro ato de La Fille Mal Gardée.
Até o final de sua vida, com a mente sempre lúcida, orientou vários artistas e professores. Escreveu Theatre Street, livro considerado um dos clássicos da literatura de ballet.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Diana Faria, Filipa Tenreiro e João Pedro Freitas