ANA BOTAFOGO

Ana Botafogo

Primeiros Passos Ana Maria Botafogo Gonçalves Fonseca nasceu sob o signo de Câncer às 8:35h de um 9 de julho.
De forma tranqüila e fruto de uma família harmoniosa, centrada na região católica, chegou ao mundo essa carioquinha da Urca, descendente de um dos povoadores da cidade do Rio de Janeiro - João de Souza Pereira Botafogo, que deu origem ao nome do bairro.
Bem cedo a pequena Ana já dava sinais de uma personalidade bem especial, mostrando pequenas nuances que costumam acompanhar e distinguir os artistas. A menina era musical, maleável, ativa, curiosa e, embora tímida, era sobretudo muito detalhista e atenta.
Apesar dos dotes latentes, nada foi forçado na infância de Ana Maria. a formação artística veio como um complemento normal de sua educação. aos seis anos de idade, entrou para a bandinha do Conservatório de Música da Urca, integrando o naipe dos triângulos.
O único interesse dos pais era que a menina desenvolvesse sua musicalidade e gostasse das artes.
Aos poucos, segundo a mãe, Ana demonstrou que tinha inclinação artística. Muito atenta e compenetrada no que fazia, foi progredindo e se sobressaindo.
Do triângulo passou para o balé clássico, ainda no Conservatório da Urca, tendo aulas com Luciana Bogdanich, bailarina do Teatro Municipal, na época.
Sua inteligência e sua musicalidade já despertavam a atenção dos professores.
O primeiro veredicto de que Ana cumpriria a carreira de bailarina veio nas palavras da pianista que acompanhava as aulas no Conservatório da Urca.
- Ela vai ser bailarina, porque bailarina não é só pés, é sobretudo cabeça - sentenciou.
Mas a menina tímida, "um pingo de gente', como a definia a família, também foi se sobressaindo em outras áreas. No tradicional colégio da Urca, Cristo Redentor, sempre foi das primeiras alunas da turma, medalha de prata nas três séries primárias e medalha de ouro e prata na quarta série - prêmio só para quem já possuía as outras três medalhas. Não por acaso, d. Ivone Furtado, fundadora e diretora do colégio, sempre a incluiu entre os alunos brilhantes.

Comentários

Anônimo disse…
Ana [é tudo de bom,tão gostoso falar de Ana Botafogo,tão esclarecedora a arte de alguém como ama,já tem a arte nas veias,isso é lindo demais.Ela é incentivadora no seu talento de pessoa graciosa por ser meiga,essa ,menina mulher é cativadora,tão gostosa,essasua harmonia tão doce./Uma arte técnica restrita a poucos,mas se suma beleza,ela é princesa,tb gostode arte técnica,mas sou mulata tenho um corpão longo meio pesado e largo,mas tb tenho bom gosto sei que sua dançanão é dança apenas,e sim arte fina e cheia de técnica,pq ela é docimente bailarina que representa o país toda reconhecida no mundo,menina linda!...vi sua foto no Lago dos Cisnes,coisa tão inédita no mundo ela sabe fazer chorarde emoção e tb de felicidade,fico feliz pq representa o Brasil,tãobem no mundo./Eu vou fingir um homem sem problema p/ beija-la e se necessario for dançar com ela.bjus,Cris.
oi Ana tudo bem ?
Meu nome é Letícia e tenho 12 anos meu sonho é um dia poder te conhecer,e dançar como você...
Eu faço dança, não é Ballet mas quando eu entrar no Ballet eu vou me inspirar muito em você!
beijos

Letícia
jany disse…
oi , Ana ,é um grande prazer prá mim me dirigir a vc q é simplesmente o meu ídolo a pessoa a qual sonhei um dia ser igual,mas o tempo foi traiçoeiro e não consegui. Tenho 48 anos e faço ballet a um ano só de tentar fazer algo meu coração se enche de alegria, no lugar onde faço sou considerada um exemplo de dedicação e coragem,pq poucas pessoas tem vencido tanto preconceito como eu.Vc é minha musa inspiradora te adoro beijos!

Postagens mais visitadas deste blog

"Lista de Bailarinos Famosos "

Bailarino Frederico Loureiro vence bronze em Helsínquia

Diana Faria, Filipa Tenreiro e João Pedro Freitas