sexta-feira, 19 de setembro de 2014

BALÉ DO TEATRO MARIINSKY GRANDE GALA







Um espetáculo reunindo grandes momentos da arte coreográfica, apresentados por alguns dos maiores nomes do balé da atualidade. A Grande Gala abre com a célebre Chopiniana, também conhecida como Les Sylphides, com coreografia de Mikhail Fokine, Segue-se a segunda parte do programa com dois números: O Espectro da Rosa e A Morte do Cisnes — grandes clássicos do balé da primeira metade do século XX — ambos assinados também por Fokine. O espetáculo encerra com um Divertissement, onde se destacam o “grand pas” de Don Quixote e Diana e Acteon.


São Paulo
Teatro Alfa

2014
Domingo 23 Novembro - 17:00

Balé do Teatro Mariinsky - A Ascensão de Ulyana Lopatkina

domingo, 17 de agosto de 2014

Ballet de Nova Iorque de mãos dadas com criadores de moda para gala anual

A gala de Outono organizada pela companhia de bailado de Nova Iorque vai ter figurinos desenhados por nomes bem conhecidos. Sarah Burton da casa Alexander McQueen, Mary Katrantzou, Thom Browne e Carolina Herrera são os criadores das peças.

Gala de Outono de 2012 NYCB





 Por Inês Garcia
“A moda está de volta ao ballet com a muito antecipada Gala a unir quatro de cinco novos bailados agendados com novos figurinos desenhados por um rol de talentos célebres” anuncia a companhia no site oficial. 
Cada designer ficou com um coreógrafo diferente: Sarah Burton, Mary Katrantzou, Thom Brown e Carolina Herrera vão fazer parceria com os coreógrafos Liam Scarlett, Justin Peck, Troy Schumacher e Peter Martin, respectivamente.
Mas esta não é a primeira vez que designers de renome trabalham com a companhia. Em 2012, Valentino tornou-se o primeiro a desenhar os figurinos para o evento. Em 2013, foi a vez de Prabal Gurung, Iris Van Herpen e Olivier Theyskens. Segundo o site InStyle, “o bailado como vitrina de moda” faz parte de uma “tendência geral das instituições culturais que estão a tentar atrair uma audiência mais jovem”.
Os figurinos que Valentino produziu para o bailado coreografado por Christopher Wheeldon, This Bitter Earth, vão ser vistos novamente este ano, juntamento com os novos designs dos outros criadores.
O evento, que marca a abertura da temporada de Outono, vai decorrer no dia 23 de Setembro no Lincoln Center, em Nova Iorque e foi organizado pela actriz Sarah Jessica Parker, famosa pelo seu papel como Carrie na série de televisãoO Sexo e a Cidade. Parker é vice-presidente do conselho de administração doNew York City Ballet.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Theatro Municipal

Theatro Municipal anuncia programação para o 2º semestre de 2014.



A Fundação Theatro Municipal do Rio de Janeiro, vinculada à Secretaria de Estado de Cultura do RJ, anunciou os seus eventos para o  segundo semestre de 2014 que levam esse ano especialmente a assinatura do maestro Isaac Karabtchevsky, atual responsável pela programação artística da casa.
De 22 de agosto a 28 de dezembro várias atrações subirão ao palco da mais tradicional e importante casa de concertos da cidade e segundo o maestro Karabtchevsky,“Em 2014, conseguimos realizar um concurso para o preenchimento da maioria das vagas para a Orquestra Sinfônica, o Ballet e o Coro do nosso Theatro. Considero esta minha primeira prioridade. Em relação à programação, tivemos o ballet La Bayadère e continuaremos com as apresentações da Ópera do Meio-Dia, com enorme sucesso de público. Em agosto teremos a ópera Salome, em comemoração aos 150 anos de nascimento de Richard Strauss e, encerrando a programação, o ballet O Quebra-Nozes, de Tchaikovsky, com coreografia recriada por Dalal Achcar”. 
Serão várias récitas de óperas, balés e um concerto com projeção de filme, tudo informado pela coluna, com a programação completa até o final do ano, para os leitores fazerem as suas melhores escolhas. Lembramos que todas as informações assim como compra de ingressos poderão ser obtidas no próprio Theatro Municipal do Rio de Janeiro,na Praça Floriano s/nº,no Centro ou a opção de ligar para (21)2332-9191. 
SALOME
SALOME
Ópera de Richard Strauss 
A ópera tem um ato e o libreto é de Hedwig Lachmann,baseada na peça homônima do inglês Oscar Wilde,que por sua vez é inspirada em passagens dos Evangelhos de São Mateus e de São Marcos. 
Dias 22, 23, 27 e 29 de agosto às 20h
Dia 24 de agosto às 17h 
Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Solistas- Cristina Baggio, Licio Bruno, Ricardo Tuttmann, Carolina Faria,
               Ivan Jorgensen e Homero Velho
Solista Especialmente Convidada - Eliane Coelho
Direção de Cena - André Heller-Lopes
Regência - Silvio Viegas 
O GAROTO
Concerto com projeção do filme com música e direção de Charles Chaplin 
Série Música & Imagem 
Este clássico foi o primeiro longa-metragem de Charles Chaplin,lançado em 1921,dirigido e produzido pelo próprio autor,que também compôs as músicas, uma verdadeira lenda viva. Será realizado um concerto com a projeção do filme, cuja cópia será fornecida pelo instituto alemão European Filmphilharmonic. 
Dia 13 de setembro às 16h
Dia 14 de setembro às 17h
Dias 16 e 18 de setembro às 20h 
Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Regência - Tobias Volkmann 
COPPÉLIA
Balé com música de Léo Delibes
Coreografia de Enrique Martinez 
Considerado como um dos balés mais populares do mundo e presença sempre obrigatória no repertório das grandes companhias clássicas, Coppélia foi coreografado originalmente por Arthur Saint-Leon, que também assinou o libreto com Charles Nuitter.Um dado interessante é que foi o primeiro grande baléclássico a incluir danças folclóricas como polcas,mazurcas e czardas,escolhidas pelo próprio Delibes,autor da partitura,com o intuito de  dar mais realismo à obra. 
Dias 09, 10, 11, 15, 16, 17 e 18 de outubro, às 20h
Dias 12 e 19 de outubro, às 17h 
Ballet e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Direção artística: Dalal Achcar
Cenários e figurinos - José Varona
Coreografia -Vaslav Nijinski
Regência - Tobias Volkmann 
MADAMA BUTTERFLY
Ópera de Giacomo Puccini 
Libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa 
Ópera escrita em três atos conta a história de um tenente da marinha que se apaixona por uma gueixa.A estréia foi em 1904 no Teatro alla Scala em Milão,e tem o libreto baseado na peça do norte-americano David Belasco, que por sua vez se inspirou numa história escrita pelo advogado também norte-americano John Luther Long. 
Dias 26, 28 e 29 de novembro às 20h
Dias 02, 04 e 05 de dezembro às 20h
Dias 30 de novembro e 07 de dezembro às 17h 
Coro e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Participação de solistas convidados
Direção de Cena - Carla Camurati
Regência - Isaac Karabtchevsky 
O QUEBRA-NOZES
Balé com Música de Piotr Ilitch Tchaikovsky
Coreografia de Dalal Achcar com base na criação original de Marius Petipa e Lev Ivanov 
Em várias partes do mundo já é uma tradição muito esperada no mês de dezembro a apresentação do belíssimo balé O Quebra-Nozes,obra de uma popularidade extremamente fascinante,a partir do encontro do conto de Alexandre Dumas com a música de Tchaikovsky e a coreografia original deMarius Petipa e Lev Ivanov,nessa versãolindamenterecriada porDalal Achcar
Dias 13, 17, 18, 19, 20, 26 e 27 de dezembro às 20h
Dias 14, 21 e 28 de dezembro às 17h 
Ballet,Coro e Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Regência: Silvio Viegas 
Boa Temporada!




Companhia Quorum Ballet

A companhia portuguesa Quorum Ballet vai apresentar, entre 05 e 07 de setembro, o espetáculo 'Correr o Fado', com coreografia de Daniel Cardoso, nos Recreios da Amadora.

Este espetáculo, estreado em 2011, esteve em digressão no ano passado, por Espanha, Equador, Sérvia, Dinamarca e China, tendo sido apresentado também no Festival Internacional de Dança e de Música de Banguecoque, na Tailândia.







Forma de expressão da cultura tradicional 
portuguesa, o Fado - classificado em 2011 Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO - é a fonte de inspiração da coreografia que liga movimentos, sons e sensações.

Com produção de Raquel Vieira de Almeida, o espetáculo tem ainda desenho de luz de Paulo Correia, e figurinos de Storytailors.
Criado em 2004, o Quorum Ballet é uma companhia de reportório residente nos Recreios da Amadora, composta pelos bailarinos Daniel Cardoso e Teresa da Silva, e ainda Mónica Gomes e Iolanda Rodrigues (do extinto Ballet Gulbenkian), e Filipe Narciso (da Companhia Nacional de Bailado).

Eduardo Ávila





O estudante



Eduardo Ávila, 14 anos, frequenta a Escola de Ballet da Fundação cultural de Ibiporã (16 km de Londrina), é o mais novo aprovado na Escola de Ballet do Teatro Bolshoi, em Joinville (SC). A notícia da aprovação saiu na terça-feira (29), um dia após um rigoroso teste aplicado na segunda-feira (28).

Renata Bardazzi.


(Renata Bardazzi).


Com o intuito de promover o aperfeiçoamento na dança e proporcionar um ambiente de troca de experiências, a escola Regina Ballet oferece a dançarinos da Cidade um workshop especial. A aula será conduzida por Renata Bardazzi, neste sábado (2), a partir das 16 horas.
Renata é mogiana e já foi aluna de Regina Cunha, a proprietária da escola. Hoje a bailarina integra um dos mais importantes grupos da Capital, o “Ballet da Cidade de São Paulo”. Essa vivência é que servirá de conteúdo para aula que dará no fim de semana.
“Além de falar sobre as suas experiências ela também deve abordar questões práticas e teóricas da dança. Por isso mesmo o workshop é direcionado para quem já está no nível intermediário”, avisa Regina, salientando a importância de estar em constante aperfeiçoamento. “Nem todos têm como arcar com a despesa de um outro curso, então os workshops podem ser uma saída para continuar se aprimorando”. 
Por acreditar na reciclagem constante, Regina conta que deve realizar mais workshops até o final do ano. Aliás, em novembro, ela promove mais uma edição do “Louvor com Arte”, festival que conta com grupos de dança gospel. 
Também neste semestre, a escola apresentará o seu tradicional espetáculo de final de ano. “Ainda vou conversar com os alunos e pais para ajustarmos datas, entre outros detalhes. Vou ter duas formandas desta vez”, conta Regina. 
O workshop terá duas horas de duração e o curso custa R$ 50,00. É preciso reservar a vaga com antecedência. A escola Regina Ballet fica na Rua Professor Flaviano de Melo, 227, Centro. Mais informações pelo telefone 4727-3123. (Mariana Nepomuceno)

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Balé da Opera de Paris apresenta criação de futuro diretor







A música
 de um dos compositores franceses mais importantes da música clássica: Maurice Ravel. A cenografia é do francês Daniel Buren, um dos artistas plásticos mais conceituados do momento. A coreografia é de Benjamin Millepied, francês que fez carreira no New York City Ballet e que em outubro assume a direção de dança do balé da Opera de Paris. O espetáculo, com esses ingredientes, é “Daphnis et Chloé”, em cartaz na Opera da Bastilla, em Paris.
A encomenda para a coreografia foi feita bem antes da indicação de Millepied para liderar a companhia de dança. A nomeação, em janeiro, provocou algumas reticências, principalmente em relação à carreira do artista, construída praticamente nos Estados Unidos, para onde Millepied foi aos 16 anos e se tornou um dos solistas do New York City Ballet.
Mas as críticas incensaram Millepied e o público exigente aplaude com entusiasmo o balé do futuro diretor da companhia. O fato de Millepied ser casado com uma atriz hollywoodiana – Nathalie Portman – virou apenas um detalhe. Eles se conheceram durante as filmagens de “Cisne Negro”, coreografado pelo francês.
Romance pastoral grego
Poucas vezes encenado, “Daphnis et Chloé” conta a história de amor pastoral, passeada em um romance grego do século 2. A música foi encomendada a Ravel por Sergei Diaghilev para os Balés Russos e estreou no Teatro do Chatelet, em Paris, em 1912. Nessa produção, com coreografia de Michel Fokine, o mítico bailarino russo Nijinski foi Daphnis. Na versão parisiense, Aurélie Dupont é Chloé e Hervé Moreau é o pastor Daphnis.
A leveza e a sensualidade da coreografia de Millepied se fundem na cenografia geométrica e de cromoterapia de Daniel Buren, que não dispensa as listras verticais negras, uma espécie de marca registrada do artista. Em Paris, Buren é o autor da instalação permanente de colunas de varias alturas no Palais Royal, do lado da Comédia Francesa. A orquestra da Opera de Paris é conduzida por Philippe Jordan.
Criador e criatura
O balé de Millepied vem na segunda parte, após “O Palácio de Cristal”, primeira criação de George Balanchine para o balé da Opera de Paris, de 1947. A coreografia original com musica de Bizet ganha literalmente cores com os tutus cintilantes do estilista Christian Lacroix. Balanchine foi o fundador do New York City Ballet, companhia da qual Millepied foi solista de 1995 a 2011.
 
TAGS : BALÉ - ÓPERA - PARIS

Pedro Henrique Pupa

Flórida - O paulistano Pedro Henrique Pupa,

 integrante da companhia de dança norte-americana Sarasota Ballet, morreu após ter sido atropelado por um caminhão de entrega na cidade de Sarasota, na Flórida, na quarta-feira.


O acidente ocorreu por volta das 14h na via Bay Shore Road, em frente ao museu The Ringling. Segundo Camilla Pupa, tia e ex-professora do rapaz, Pedro voltava de bicicleta para casa após uma aula quando foi atingido. Ele chegou a ser levado ao hospital Blake Medical Center, em Bradenton, mas não resistiu aos ferimentos. O bailarino completaria 21 anos no próximo dia 29 de junho.



Centro Olga Cadaval Russian Classical Ballet interpreta 'Romeu e Julieta'







O clássico 'Romeu e Julieta' foi interpretado pela companhia Russian Classical Ballet no sábado, às 21h30, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, anunciou hoje a organização.

Fundada em 1990, a companhia reuniu na altura bailarinos de outras entidades de renome da dança, não só da Rússia, como o Bolshoi Ballet, mas também de repúblicas da antiga União Soviética, como o Ballet Theatres da Ucrânia e da Moldávia  .
Iryna Klyuyeva, Sergey Chumakov, Maria Poliudova, Dmitri Smirnov e Vladimir Statnii são alguns dos bailarinos que fazem parte da companhia.
O Russian Classical Ballet tem a sua base em Moscovo, onde se encontram os estúdios de dança e também os ateliês de criação dos figurinos para os espetáculos, que recebem as encomendas de outras companhias de bailado.
A companhia tem vindo a realizar digressões no Reino Unido, Irlanda, Austrália, Nova Zelândia e China.


Bailado em três atos e um epílogo, 'Romeu e Julieta' conta a história do amor trágico entre dois jovens que cresceram em duas famílias rivais.
Foi escrita pelo dramaturgo britânico William Shakespeare, em 1579, e é considerada a obra de referência para alguns dos grandes coreógrafos que a adaptaram para o bailado, sobretudo devido à música de Sergei Prokofiev, escrita em 1935, pouco após o seu regresso à União Soviética.

Fonte :06 de Junho de 2014 | Por 

Crianças encontram no ballet uma ferramenta para o autoconhecimento


Ser bailarina é o sonho de muitas garotinhas. Os tutus, maiôs e sapatilhas fazem parte do universo imaginário e cheio de magia de crianças de cinco a dez anos. E é essa é a fase ideal para iniciar o aprendizado na arte de dançar ballet.
A experiência do ballet na infância promove o aprendizado de noções de espaço e conscientização do próprio corpo. “Os aspectos explorados em uma classe de dança para crianças são os que envolvem o corpo no tempo e no espaço, no qual as crianças aprendem a usar esses elementos para expressar-se artisticamente; a organizar o corpo, a fim de mover-se de maneira eficiente e saudável, bem como a fazer escolhas de movimento, interagindo com a forma, estrutura e significados destes.” Comentou Noemi Loureiro, professora da Escola de Ballet SESI de Alagoas.
dança se difere de outros esportes por ser uma arte de expressão, com movimentos lúdicos que despertam sentimentos e emoções, pois a sincronia dos movimentos permite sensações de alegria, “e também é divertida,” acrescentou Carla Oliveira, (09 Anos) estudante de ballet desde os cinco anos. Os benefícios da atividade ultrapassam apenas a ação pedagógica do aprender, entra também no campo psicológico ajudando no crescimento físico, mental e emocional. Além da expressão corporal, também trabalha flexibilidade, coordenação motora e ajuda a melhorar a postura.
“Aqui na escola, nós preocupamos com o desenvolvimento completo das bailarinas mirins, sempre promovemos atividades extras, com a leitura em grupo ao final das aulas, são histórias relevantes ao ballet, o que faz despertar ainda mais o amor pela dança. A iniciativa visa além de trabalhar o imaginário, beneficiar o desenvolvimento das crianças contribuindo para a memória, o raciocínio, a curiosidade e a criatividade.” Mencionou Noemi que também é pedagoga.
Pensando nesse público tão especial a Escola de Ballet SESI Alagoas inicia nesta terça-feira, dia três de junho, mais uma turma de ballet infantil. As mães que tiverem interesse em proporcionar essa experiência as suas pequenas podem marcar uma aula inicial gratuita. É só ligar 9139.0885, ou enviar um email para balletsesi@ol.com.brsolicitando agendamento. As matriculas estão abertas até julho. 

Fonte :aquiacontece.com.br

domingo, 18 de maio de 2014

Teatro Bolshoi


Na nova temporada, o teatro Bolshoi da Rússia mostrará aos espectadores várias estreias de ballet no Japão, Brasil e Hong Kong.

O teatro Bolshoi exibirá uma nova versão da ópera "Carmen", a ópera infantil "História de Kai e Gerda", bem como estreias mundiais de ballets "Hamlet" e "Herói do Nosso Tempo".
O diretor-geral do Teatro Bolshoi, Vladimir Urin, informou que, nesta temporada, os apreciadores de teatro poderão assistir a mais duas estreias. As mais próximas delas são a ópera "Assim fazem todas" (Così fan tutte) e a estreia "A Megera Domada" (The Taming of the Shrew).
Ele observou que, na próxima temporada, serão apresentadas as novas estreias dos compositores famosos e proeminentes, amplamente conhecidos no mundo. Além disso, o placar do Teatro Bolshoi terá novos nomes - dos compositores, diretores e maestros.
Foto Voz da Rússia.

Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_05_12/Teatro-Bolshoi-far-consertos-no-Brasil-3419/

Festival de Dança recebe inscrições


O Festival Alto Tietê de Dança, iniciativa da Regina Ballet Produções, chega a sua sétima edição em 2014 com uma novidade. Para que haja um tempo maior entre as apresentações será promovido em três dias, ao invés de dois como nas edições passadas. Acontecerá de 30 de maio até 1º de junho, no palco do Cemforpe. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.reginaballet.com.br.
Os interessados têm até o próximo dia 21 para se inscrever. Por enquanto, segundo a organizadora Regina Cunha, 40 coreografias estão confirmadas. “Ainda esperamos muito mais”, afirma ela que em 2013 contou com 194 números de 35 grupos, de diversas cidades totalizando a participação de 650 bailarinos.


A exemplo de anos anteriores podem se cadastrar grupos e bailarinos nas modalidades clássico, contemporâneo, dança de salão, dança do ventre, danças populares, estilo livre, gospel, jazz, neoclássico, sapateado, repertório e dança de rua. Já as categorias estão divididas entre baby, infantil, infanto-juvenil, juvenil, adulto, avançado e profissional.
Para Regina Cunha, o maior objetivo do festival é fazer com que o evento seja uma vitrine para os talentos locais. Por isso mesmo a premiação inclui bolsa de estudo para o curso do balé russo, para o balé cubano e jazz, workshops com profissionais renomados da área e assinatura da revista ‘Dança Brasil’. “O aprimoramento é o melhor prêmio para o dançarino”, aponta.

Impressionismo: The Pink Dancers, Before the Ballet, de Edgar Degas

As bailarinas eram um dos temas favoritos das pinturas de Edgar Degas e em 1884 ele as pintou na obraThe Pink Dancers, Before the Ballet, que numa tradução livre significa algo como “As Bailarinas Cor de Rosa, Antes do Balé”.




Obra de arte em destaque: The Pink Dancers, Before the BalletNome original: Les danseuses roses, Avant le balletAutor: Edgar DegasAno: 1884Técnica: óleo sobre tela

Ballet Bolshoi apresentou Marco Spada no UCI Kinoplex






Pierre Lacott



O espetáculo “Marco Spada”, recriado pelo coreógrafo francês Pierre Lacotte.Com cerca de três horas de duração, “Marco Spada” mostra através da dança, as aventuras de um bandido de bom coração que deseja ser aristocrata. Alheia às atividades clandestinas do pai, sua filha Angela se preocupa com o noivado de seu amado com outra mulher.

Aconteceu neste final de semana, em duas únicas sessões.